Atrações

Parque Pousada do Canyon Guartelá: Cruz de Caravaca

Cruz de Caravaca

"Caravaca é uma antiga cidade do interior da Espanha. Conta a lenda que o Príncipe Mouro Ibn-Hud conhecido por Muhammad ben Yaquib (os mouros dominavam a região na época) desejava conhecer a fé cristã. Quando soube que um de seus prisioneiro era o pároco Gines Perez Chirinos, ordenou lhe que celebrasse uma missa. Seus servos limparam uma sala do castelo de Alcázar e montaram um altar de acordo com a lista e especificações do sacerdote preso. No dia escolhido para a celebração estavam presentes não só o príncipe mulçumano, mais toda a sua família, seus servos e alguns soldados. Logo de início Perez Chirinos sentiu falta da cruz, por seu esquecimento ela não foi colocada na lista. Apreensivo, teve que explicar a todos que não poderia continuar o rito. Ibn-Hud ficou muito decepcionado e frustrado. Diante desta situação um milagre aconteceu: surgiram pela janela dois anjos que trouxeram uma cruz até o altar. 

O Principe Ibn-Hud, sua família e todos os mulçumanos que estavam no local se converteram ao cristianismo. O pároco e os prisioneiros foram libertados. 

A Santa Cruz apareceu no Castelo Alcázar de Caravaca em 3 de maio de 1232, desde então a sucessão de inúmeros milagres, fizeram a devoção a Cruz de Caravaca conquistar fiéis no mundo inteiro.

Este poderoso amuleto passou a ser adotado também pelos cruzados, templários e missionários como símbolo de proteção. Esotéricos e bruxos também a usam em seus rituais.

A cruz de Caravaca chegou no Brasil trazida pelos primeiros colonizadores, na esquadra de Martin Afonso de Souza."